Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 06/09/2013 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Vaticano nega que Papa tenha conversado com presidente sírio

Papa

Declaração da imprensa argentina foi desmentida pelo porta-voz Lombardi. Em contrapartida, Papa escreveu carta a Putin e pediu pela paz na Síria

O Vaticano negou nesta quinta-feira (5) que o Papa Francisco tenha conversado por telefone com o presidente da Síria, Bashar al-Assad, como publicou um meio de comunicação argentino.

O porta-voz do Vaticano, o jesuíta Federico Lombardi, desmentiu “categoricamente” que Francisco tenha ligado para Assad nos últimos dias para mediar o conflito sírio.

Leia também: Líderes cristãos discutem agravamento da crise na Síria

Já a imprensa italiana divulgou nesta quinta que o Papa escreveu uma carta ao presidente russo, Vladimir Putin, por ocasião da abertura da cúpula do G20 em São Petersburgo, e pediu que os líderes mundiais “deixem de lado a busca inútil por uma solução militar” na Síria.

“Em vez disso, que haja um renovado compromisso de buscar, com coragem e determinação, uma solução pacífica através do diálogo e da negociação das partes, com o apoio unânime da comunidade internacional”, disse o Papa na carta.

O Papa se reuniu nesta quinta-feira com todos embaixadores credenciados na Santa Sé para informá-los sobre a jornada de oração e jejum que convocou para sábado para pedir a paz na Síria e no mundo.

O pontífice, que enviou várias mensagens nos últimos dias para pedir a paz, também convocou para este sábado uma vigília na praça São Pedro pela paz na Síria, que será realizada das 19h locais até a meia-noite.

Saiba mais: Rússia descobre que Israel e EUA fazem teste de míssil no Mediterrâneo

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *