Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 11/06/2015 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Tumulto interrompe debate sobre maioridade penal na Câmara

tumulto-camara-Lucio-Bernardo-Jr-Câmara-dos-Deputados

Empurra-empurra, spray de pimenta e gritos marcaram a leitura do parecer da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos

Um protesto truculento de militantes de partidos de esquerda e União Nacional dos Estudantes (UNE) interrompeu a reunião para votação do relatório do deputado Laerte Bessa (PR-DF) sobre a redução da maioridade penal na comissão da Câmara criada para discutir o tema. Após empurra-empurra e a ação de seguranças da Casa, deputados pediram vista do parecer – a sessão será retomada dia 17, com a presença restrita a deputados, assessores e jornalistas.

Os militantes tentaram impedir a discussão do tema. Quando o presidente da Comissão, André Moura (PSC-SE), pediu que a segurança esvaziasse o plenário onde ocorria a reunião, os manifestantes se exaltaram ainda mais. Alguns invadiram a área reservada aos deputados e, com o dedo em riste, ofenderam parlamentares com termos como “fascista” e “salafrário”.

Parlamentares contrários à redução, como Maria do Rosário (PT-RS), Darcísio Perondi (PMDB-RS) e Ivan Valente (PSOL-SP) tentaram impedir a retirada dos manifestantes, o que só aumentou a confusão. Houve troca de empurrões e alguns parlmentares – como Laerte Bessa e Darcísio Perondi – quase trocaram sopapos.

Os manifestantes bloquearam as saídas para tentar impedir que a polícia os removessem e foram contidos por spray de pimenta. Em seguida, André Moura transferiu a sessão para um plenário ao lado.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Veja

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *