Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 09/04/2014 em Mensagens Pastores | Nenhum comentário

Sugestões para a saúde integral do homem – Parte 5

(Continuação)

6 – Adoce o seu coração com a graça do amor. Palavras amargas saem de corações amargos.

“O amor é paciente, é benigno. O amor não inveja, não se vangloria, não se Ensoberbece”. (1 Co 13:4) Você já percebeu que quando um jovem está amando intensamente ele fica em estado de graça. Amar à Deus, a si mesmo e ao próximo com intensidade, nos faz ficar em estado de graça. Quando o amor permeia toda a nossa vida, as nossas atitudes são abençoadoras, e isso é uma das evidências da nossa saúde emocional. Pessoas saudáveis são agentes de cura e transformação.

7 – Vença o complexo de inferioridade.

“Forjai espadas das vossas enxadas, e lanças das vossas foices; diga o fraco: Eu sou forte.”. (Joel 3:10) Por que pessoas inteligentes, bonitas, criativas, bem articuladas fracassam? Uma das causas é o complexo de inferioridade que elas nutrem dentro de si. Segundo o calculo do escritor Maxwell Maltz, 95% de todas as pessoas em nossa sociedade sentem-se inferiores.

1) Dicas para vencer o complexo de inferioridade:

1. Viva consciente da sua identidade como filho de Deus. Você é príncipe porque o seu pai é o Rei da Glória (Rm 8:14;. Mt 6:9).

2. Não confunda amor próprio com atitude de superioridade, vontade própria obstinada ou orgulho (Mc 12:31).

3. Maximize o seu potencial (Mt 25:15).

4. Afirme para você mesmo eu fui criado à imagem e semelhança de Deus, tenho capacidade intelectual, liberdade para fazer escolhas, conhecimento do que é certo e errado. Eu tenho valor para Deus.

5. Feche os ouvidos do teu coração para as palavras negativas que visam destruir sua auto-imagem e estima.

6. Vença os pensamentos “de inferioridade” recitando textos das Escrituras (1Co 15:10; Fp 4:11-13; Sl 8:4,5; 91:11; Jr 29:11).

7. Nunca diga “não valho nada, sou um fracasso” porque isso não é verdade. Você nasceu com potencial para ser um vencedor.

8. Tenha alvos na vida e estabeleça metas para alcançá-los.

9. Seja uma pessoa que aceita desafios, que não tem medo de assumir riscos com responsabilidade.

10. Supere suas limitações com dedicação, esforço e determinação. Pense como o apóstolo Paulo: “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece”. (Fp 4:13)

11. Não meça o seu valor com base no que os outros pensam a seu respeito. “E uma voz dos céus disse: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”. (Mt 3:17) Jesus nunca mediu seu valor com base no que as pessoas pensavam e diziam a seu respeito. Se ele tivesse feito isso, com certeza ele seria um fracasso, um homem sem uma grande história. Se você quer medir o seu valor, faça uma auto avaliação usando como referência aquilo que diz as Escritura a seu respeito.

8 – Diga sempre não à inveja. Pessoas que tem grandeza de alma reconhecem o sucesso e a prosperidade do outro.

“A paz de espírito dá saúde ao corpo, mas a inveja destrói como câncer”. (Pv 14:30) A inveja junto com o ódio talvez seja o mais maligno e destrutivo dos sentimentos, ao ponto de a Palavra do Senhor dizer que “…destrói como câncer”. Por mais que se lute contra, este sentimento é o mais prevalecente em todos nós. Como é difícil para a maioria das pessoas regozijar-se sincera e intimamente com o que de bom está acontecendo a outra pessoa. Este sentimento é tão destrutivo porque uma das suas características mais nociva e de seus correlatos, a vaidade e a competição, é que não basta ao invejoso alcançar seu objetivo. Para que ele sinta bem, é necessário que o outro não consiga. O que lhe dá prazer não é apenas chegar lá, mas impedir que o outro não chegue; o mais importante não é ser feliz, mas não deixar que outros alcancem a felicidade. A inveja é uma evidência de fraqueza interior. O remédio contra a inveja, chama-se “humildade e generosidade”. Só os humildes e os generosos são capazes de se alegrar com as vitórias do seu próximo, e nunca com as suas derrotas, são os que revelam ter as emoções conquistadas. Não foi por acaso que Jesus começou o Sermão da Montanha dizendo: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus”. (Mt 5:3) Depois da humildade, o amor ao próximo é outro remédio contra a inveja. (Mc 12:33) Quando amamos a nós mesmos; fortalecemo-nos interiormente, mas quando amamos o próximo, vencemos a inveja, porque deixamos de vê-los como nossos inimigos em potência. Quem segue esta receita, nunca será destruído e nem destruirá por causa da inveja. Quem ama só quer o bem do outro.

9 – Perdoe sempre. Quando você perdoa está demonstrando gratidão por tudo o que Deus fez em seu favor.

“Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores”. (Mt 6:12)

1) Por que não perdoar é perigoso:

1. A maioria das doenças psicossomática tem como causa “a falta de liberação de perdão” (Sl 103:3);

2. Quem não perdoa não tem paz (Mt 18:33,34);

3. Quem não perdoa se torna prisioneiro do seu passado (Fp 3:13,14; Is 43:18,19);

4. Quem não perdoa se coloca debaixo da ira de Deus (Mt 18:34);

5. Quem não perdoa, não pode ser perdoado por Deus (Mt 6:14,15);

6. Quem não perdoa acaba desenvolvendo um câncer na alma;

7. Quem não perdoa demonstra não ser agradecido por tudo o que Deus fez.

Por que José não foi destruído por um sentimento de vingança, quando foi traído, vendido como escravo, caluniado e esquecido na prisão? A resposta é: ele encontrou no perdão força para superar (Gn 50:15-21). O perdão é a faxina do coração, a aminésia do amor e a cura para as memórias amargas. Quando você perdoa, está repetindo com o próximo, o gesto gracioso de Deus para com você. Quem sempre esta aberto para o perdão, nunca será prisioneiro do seu passado, isso é viver com saúde emocional. Perdoe sempre que for necessário.

10 – Saiba o que é depressão e como lidar com ela.

“Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, meu Salvador e meu Deus”. (Sl 42:5) A depressão é um sentimento generalizado de tristeza, cujo grau pode ir desde um desanimo moderado até o mais intenso desespero manifestado no desejo incontrolável de morrer.

Vejamos algumas dos sintomas da depressão: tristeza, apatia, inércia, fadiga, pessimismo, desesperança, baixo auto-estima, perda do apetide etc. Segundo as pesquisas, a depressão tem sido considerada como “o sintoma psiquiátrico mais comum”, encontrado tanto em caráter temporário “na pessoa normal que passou por uma grande decepção” como na “profunda depressão suicida e psicótica”.

11 – Dicas para se prevenir contra a depressão:

1) Mantenha sua confiança em Deus. “Os que confiam no Senhor são como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre”. (Salmo 125:1)

2) Saiba que o desânimo pode ser experimentado por todos nós. “Sei passar necessidade, e também sei ter abundância. Em toda maneira, e em todas as coisas aprendi tanto a ter fartura, como a ter fome, tanto a ter abundância, como a padecer necessidade”. (Fp 4:12)

3) Aprenda a lidar com o sentimento de ira e com a culpa. “Irai-vos, e não pequeis: Não se ponha o sol sobre a vossa ira, e não deis lugar ao diabo.” (Ef 4:26,27)

4) Saiba enfrentar os pensamentos negativos. “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”. (Fp 4:8)

5) Construa relacionamentos de amizades saudáveis. “O homem que tem muitos amigos pode vir à ruína, mas há um amigo mais chegado do que um irmão”. (Pv 18:24)

6) Seja solidário com as pessoas que precisam de ajuda. “Ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse Jesus: Vai, e faze da mesma maneira”. (Lc 10:37)

7) Tenha uma disciplina alimentar e pratique exercícios. “Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias, fazendo que se nos dêem legumes a comer e água a beber”. (Dn 1:12)

8) Procure manter o coração sempre transbordando de alegria. “Mas alegrem-se todos os que em ti confiam; exultem eternamente, porque tu os defendes. Em ti se gloriem os que amam o teu nome.”. (Sl 5:11; ler também Sl 4:7; Hc 3:17-19).

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *