Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 15/07/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Ratinho nega acusações de trabalho escravo e dá sua versão; conheça

dtq-Ratinho

Assessoria do apresentador divulgou nota dando sua versão sobre o caso

Nesta quinta-feira (14), a assessoria de imprensa de Carlos Massa, o Ratinho, desmentiu as acusações de que o apresentador manteria trabalhadores em situação análoga à de escravos na Fazenda Esplanada, em Minas Gerais, por meio de um comunicado oficial. Os representantes do comunicador garantiram que as alegações não procedem.

“O apresentador Carlos Roberto Massa nunca foi acusado de impor ou manter condições análogas às de escravos em suas propriedades”, dizia nota.

A assessoria aproveitou para ressaltar que o processo judicial aberto contra o comunicador está relacionado ao descumprimento de outras regras trabalhistas.

“Não há na ação judicial proposta pelo procurador do Ministério Público do Trabalho de Uberlândia esse tipo de alegação […] [Já] que se o [MPT] limitou a apontar descumprimento de outras regras trabalhistas”.

A texto destacou ainda que a decisão judicial não menciona a palavra “escravo” ou a expressão “trabalho análogo a escravo”, além de informar que Carlos Massa não é mais proprietário da fazenda desde 2010.

O comunicador também já entrou com pedido na Justiça para recorrer da decisão.

“Ele [Ratinho] reitera que se submete integralmente às leis trabalhistas e que tem profundo respeito pelos seus colaboradores e empregados, especialmente em razão da sua própria história de vida”, encerrou o comunicado.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Terra

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *