Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 11/09/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Questão de prova envolvendo judeus gera polêmica em colégio tradicional

miolo-prova-reprodução-facebook

Uma questão de uma prova de geografia aplicada nesta quarta-feira (10) a alunos do 8º ano do Colégio Andrews, na Zona Sul do Rio de Janeiro, provocou polêmica entre pais e discussão nas redes sociais.

A questão diz o seguinte: “Conforme é sabido, os judeus foram perseguidos por Hitler durante o Nazismo. Atualmente um determinado povo é tido como vítima dos israelenses, tendo que viver em assentamentos isolados controlados por Israel. Chegaram invadindo, tomando terras e assassinando… Quem será pior? Nazistas ou Judeus?”

Após o texto de introdução, havia uma charge retratando um soldado nazista com uma criança judia e ao lado um soldado israelense com uma criança supostamente palestina. (Veja na imagem a cima)

Em entrevista exclusiva à Rádio Globo, o Diretor do Colégio Andrews, Pedro Flexa Ribeiro, admitiu que a questão foi inadequada e, por consequência, anulada. “O fato procede, foi reportado por um pai de aluno. Esse é um episódio isolado. Não reflete os valores que o colégio preza”.

Pedro ressaltou que uma circular com um pedido de desculpas foi entregue aos alunos.

“A vida inteira o Andrews, no seu ambiente educativo, acolheu crianças oriundas de famílias diferentes. É possível sim que pessoas tenham sido ofendidas. Enviamos uma circular para as famílias pedindo desculpas e vamos entrar em sala de aula para conversar com os alunos”, disse o diretor.

Pedro Flexa Ribeiro disse que ainda não conversou com o professor que formulou a questão e que estuda quais providências deve tomar sobre o caso.

Outra polêmica com judeus

Imagem: ReproduçãoNo início do mês, um professor do Colégio QI, também do Rio de Janeiro, teria incitado o ódio aos judeus ao aplicar um exercício para seus alunos da 1ª série do Ensino Médio, em que deveria ser completada a seguinte frase: ”Meu pai quer que eu _________ (odiar) os judeus”. (Veja imagem ao lado)

Após receber centenas de reclamações dos membros da comunidade judaica, a Federação Israelita do Rio de Janeiro (Fierj) notificou o colégio para tomar providências imediatas no caso.

Em nota, o colégio admitiu o fato e se desculpou perante aos alunos, professores e membros da comunidade judaica que teriam se ofendido com questão. “Rechaçamos toda e qualquer forma de discriminação e preconceito e nutrimos por toda a Comunidade Israelita o mais profundo respeito e admiração”, complementou a nota da instituição.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: Rádio Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *