Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 20/07/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Presidente da Câmara não quer construir prédio do ‘parlashopping’

dtq-Rodirgo-maia

Maia disse que já que a taxa de juros está alta, é um bom momento para a Casa economizar

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que assume um mandato tampão até fevereiro, disse na noite desta terça-feira (19) que abriu mão da construção de um edifício anexo à Câmara dos Deputados, o “parlashopping”. O projeto foi idealizado pelo antecessor, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O prédio anexo custaria RS 320 milhões.

“Eu acho que não é o momento de a Câmara usar recursos públicos para construir o anexo. No momento de crise não cabe esse investimento, no meu ponto de vista. Disse a Beto Mansur (PRB-SP) que não era uma boa sinalização pra quem precisa reformar o estado”, disse.

A ideia seria ampliar a Casa usando o orçamento angariado pela Câmara com a venda da administração da folha de pagamento dos funcionários para a Caixa Econômica e o Banco do Brasil. Maia disse que já que a taxa de juros está alta, é um bom momento para a Casa economizar. A obra para viabilizar a construção do edifício já havia começado.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Correio Braziliense

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *