Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 15/02/2017 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Policiais protestam e fazem marcha em praia do Espírito Santo

PMs marcharam em protesto e a favor da Polícia Militar na Praia da Costa, em Vila Velha, ES

Cerca de 100 pessoas, entre PMs e familiares, realizaram uma caminhada na noite desta terça-feira (14), em Vila Velha, a favor da Polícia Militar do Espírito Santo. A movimentação do grupo começou na orla de Itapoã.

Os manifestantes percorreram a Avenida Antonio Gil Veloso em direção à Praia da Costa. Em sinal de paz, eles usavam camisas e balões brancos, além de carregarem cartazes e bandeiras do Brasil.

Uma viatura da Guarda Municipal acompanhou o grupo, e agentes informaram que não houve registro de confusão.

Durante a passeata, algumas pessoas que participavam do ato marcharam, em referência ao tradicional gesto militar.

Os policiais também entoavam palavras de ordem contra o governo aos gritos de “Fora, Paulo Hartung!” e “Paulo Hartung, sua hora vai chegar”, além de cantar hinos militares.

Muitos carros que seguiram atrás aproveitaram para fazer um buzinaço. Também houve carro de som e apitaço.

O movimento chamou a atenção das pessoas que estavam no calçadão, que respondiam com aplausos ou vaias. Nos prédios da orla, os moradores também se manifestavam.

Protesto nos batalhões

Durante a noite desta terça-feira, um pequeno grupo de mulheres ainda estava acampado na frente do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, conhecido como Batalhão de Maruípe.

O Espírito Santo ficou sem polícia militar nas ruas por 7 dias por causa do protesto de familiares, na porta de batalhões, que impedia a saída dos PMs. O policial militar não pode fazer greve porque é proibido pela constituição.

Nas ocupações, as mulheres sempre alegam que são elas que estão no comando da paralisação. Mas, para as  autoridades, essa é uma tentativa de encobrir o que, na verdade, seria um motim dos PMs.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CLOSE
CLOSE