Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 09/09/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

PF vai a casa de prefeito elogiado pela mulher no impeachment

dtq-policia-federal

Operação é realizada em Montes Claros, Belo Horizonte e Brasília. Polícia Federal está na casa do prefeito afastado em Montes Claros

A Polícia Federal e a Receita Federal realizam uma operação na manhã desta sexta-feira (9) nas instituições de ensino da Rede Soebras, ligadas à família do prefeito afastado de Montes Claros (MG) Ruy Muniz (PSB). A ação é realizada em Montes Claros, Belo Horizonte e Brasília. A PF cumpre mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor, e de busca e apreensão.

Policiais federais estão na casa do prefeito afastado em Montes Claros desde a madrugada desta sexta, e também no Campus de uma das faculdades na cidade.

A PF não divulgou mais detalhes sobre a operação.

Afastamento de Ruy Muniz

O prefeito de Montes Claros Ruy Muniz  foi preso preventivamente pela Polícia Federal na operação “Máscara da Sanidade II”, realizada em abril deste ano. Ele é suspeito de prejudicar o funcionamento de hospitais públicos da cidade para  favorecer um hospital privado, que é gerido pela família dele.

Muniz foi preso um dia após a esposa dele deputada federal Raquel Muniz (PSD) votar a favor do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Ela destacou a gestão do marido ao proferir o voto.

Em maio, o Tribunal Regional Federal emitiu um mandado de medida cautelar, determinando o afastamento de Ruy Muniz (PSB) do exercício do cargo de prefeito. A vaga no executivo foi ocupada pelo então vice-prefeito José Vicente Medeiros (PMDB).

A prisão do prefeito afastado foi revogada pelo Tribunal Regional Federal em julho.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *