Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 07/11/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

PF faz operações contra fraudes no Enem e prende quadrilha

Polícia Federal prendeu quadrilha por tentativa de fraude contra o Enem. Bando usava alta tecnologia para passar respostas para candidatos

Polícia Federal prendeu quadrilha por tentativa de fraude contra o Enem. Bando usava alta tecnologia para passar respostas para candidatos

A Polícia Federal cumpriu no domingo (6) 28 mandados judiciais em Montes Claros (MG). Quatro pessoas foram presas temporariamente e outras quatro levadas coercitivamente para delegacia local da PF. Os outros mandados foram de busca, apreensão e sequestro de bens. A “Operação Embuste”, desmantelou uma quadrilha especializada em fraudar concursos públicos.

Segundo a PF, os envolvidos já teriam fraudado outros dois concursos realizados neste ano: vestibulares na cidade de Mineiros, em Goiás, e Vitória da Conquista, na Bahia. Os policiais afirmam que os criminosos também atuariam durante a realização do Enem. A Superintendência da Polícia Federal, no Maranhão, deflagrou uma outra operação, batizada de “Jogo Limpo”.

Foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em sete estados – Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Tocantins, Amapá e Pará – com o objetivo de desmantelar uma outra quadrilha que também comercializava gabaritos. Ninguém foi preso.

Quadrilha

O presos faziam parte de um bando que usava alta tecnologia para passar as respostas. Professores e alunos experientes faziam a prova rapidamente e passavam as informações por ponto eletrônico.

A quadrilha cobrava até R$ 180 mil para repassar informações a candidatos. A investigação não vai parar. A Polícia Federal vai se reunir com o Inep, que organiza o Enem, para tentar identificar outros tipos de fraude.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Veja

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *