Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 10/02/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Ordem católica se desculpa por casos de abuso a menores seminaristas

Legionários-de-Cristo-legrc

Seis anos após a morte de seu fundador, o padre mexicano Marcial Maciel, a ordem católica Legionários de Cristo fez um pedido inédito de desculpas pelos atos de pedofilia de seu líder e às vítimas.

“Queremos expressar nosso profundo pesar pelo abuso de seminaristas menores de idade, os atos imorais com homens e mulheres adultos, o uso arbitrário da sua autoridade e bens, consumo desmedido de medicamentos aditivos e o fato de apresentar escritos de terceiros como próprios”, diz o comunicado dos Legionários de Cristo.

Em 2009, após anos de negativas, os Legionários de Cristo admitiram que Maciel – também pai de seis filhos com mulheres diferentes – era pedófilo. Agora, a ordem lamentou “a incapacidade inicial de acreditar nos testemunhos” das vítimas. Na quarta-feira (5), a ONU criticou a resposta da Igreja aos abusos cometidos por integrantes do clero.

Fundada em 1941 no México, a ordem religiosa está presente em 22 países, entre eles o Brasil. Os Legionários de Cristo ganharam força durante o papado de João Paulo II, defensor de Maciel mesmo sob denúncias de seu comportamento – para alguns, a recompensa pela capacidade da congregação de atrair fiéis e dinheiro para a Igreja. Sob o Papa Bento XVI, o Vaticano ordenou o afastamento de Maciel e nomeou um enviado para a reforma da ordem, política mantida por Francisco.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *