Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 17/08/2015 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

O que a imprensa estrangeira disse sobre os protestos no Brasil

miolo-prostesto-mundo-Antonio-Cruz-ABR

Protesto em Brasília: assunto nos principais sites internacionais de notícias

Os principais noticiários internacionais expressaram visões variadas dos protestos deste domingo (16) no Brasil. Em comum, todos eles destacam a baixa popularidade da presidente Dilma Rousseff e o efeito devastador do escândalo de corrupção na Petrobras.

Enquanto o britânico ‘Guardian’ afirmou que mais de meio milhão de brasileiros foram às ruas, o francês ‘Le Monde’ e o também britânico ‘BBC News’ reduziram esse número a dezenas de milhares.

Confira algumas coisas que disseram quatro noticiários internacionais:

The Guardian

“Centenas de milhares pedem o impeachment de Rousseff”, diz o site do jornal britânico Guardian numa longa reportagem sobre os protestos no Brasil. No texto, o jornal afirma que os manifestantes em dezenas de cidades brasileiras somam mais de meio milhão de pessoas.

“Essa manifestação de direita acontece em meio à frustração crescente por causa da economia moribunda, dos entraves políticos e do enorme escândalo de corrupção na companhia estatal de petróleo, a Petrobras”, afirma o noticiário.

Le Monde

“Dezenas de milhares de manifestantes exigem a partida de Dilma Rousseff”, noticia o site do jornal francês Le Monde.

“As manifestações deste domingo têm, pela primeira vez, o apoio explícito do Partido da Social Democracia (PSDB), dirigido por Aécio Neves, candidato derrotado à presidência em 2014”, afirma o noticiário.

“Dilma Rousseff, 67 anos, é a presidente mais impopular do Brasil desde o fim da ditadura militar em 1985. Sua taxa de popularidade caiu a apenas 8%”, prossegue o Le Monde.

ABC News

“Protestos contra o governo varrem o Brasil”, afirma o noticiário online da cadeia de televisão americana ABC. A reportagem, produzida pela agência Associated Press, diz que as manifestações são “um barômetro do descontentamento popular com a cada vez mais impopular presidente Dilma Rousseff”.

“As manifestações foram convocadas principalmente por grupos de ativistas na internet, que pedem desde o impeachment de Rousseff até a volta da ditadura militar, como aquela que governou o país de 1964 a 1985. Mas o fim da corrupção parece ser a reivindicação principal”, prossegue a ABC News.

BBC News

“Manifestantes brasileiros pedem o impeachment da presidente Dilma Rousseff”, anuncia o noticiário online da empresa de notícias britânica BBC. “Pessoas em passeata tomaram a praia de Copacabana, no Rio, e também protestaram em frente ao Congresso na capital Brasília”, diz a BBC.

“Muitos usavam as camisetas amarelas da seleção de futebol brasileira e cantavam o hino nacional, carregando cartazes que diziam ‘Fora Dilma’.”

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Exame

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *