Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 16/09/2015 em Notícias | Nenhum comentário

Nigéria admite trocar meninas raptadas por prisioneiros do Boko Haram

meninas-boko1

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, disse hoje (16) à France Press que admite conceder anistia aos prisioneiros do Boko Haram, se o grupo extremista islâmico libertar as 200 jovens raptadas em 2014.

“Se a liderança do Boko Haram concordar em nos entregars todas as meninas de Chibok, nós daremos anistia aos prisioneiros do movimento extremista islâmico”, disse o chefe de Estado nigeriano em Paris, onde se encontra para uma visita de três dias.

Sequestro

Na manhã do dia 14 de abril de 2014, o grupo islâmico ultraradical Boko Haram entrou em uma escola pública na aldeia de Chibok e sequestraram cerca de 270 meninas. Algumas das meninas conseguiram fugir ou foram libertadas, porém mais de 200 permanecem em cativeiro.

Deixe o seu comentário no Comerj.

* com informações da Agência Brasil

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *