Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 08/03/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Mulher e filha de Cunha querem evitar que Moro as investigue

esposa-filha-cunha

Rodrigo Janot, pediu que os casos delas sejam desmembrados da investigação contra Cunha no STF

Cláudia Cruz e Danielle Dytz, mulher e filha do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, estão preocupadas. Seus advogados vão contestar nesta segunda-feira (7) no Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de uma petição, o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, à Corte para que a investigação contra elas seja desmembrada da investigação contra Cunha no STF e vá para a Justiça Federal do Paraná. Se isso acontecer, o juiz Sergio Moro será o responsável pelas decisões do caso.

Cláudia e Danielle são suspeitas de terem se favorecido de dinheiro de propina, mais de US$ 5 milhões, depositado em contas associadas a Cunha no exterior.

Na sexta-feira (4), Eduardo Cunha virou réu no STF, sob a acusação de corrupção e lavagem de dinheiro na Lava Jato.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Época

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *