Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 26/08/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Mais de1.800 imigrantes morreram tentando chegar à Europa por mar neste ano

ng10730731

O número de imigrantes ilegais que morreram ao tentar chegar às costas europeias através do Mediterrâneo chegou em 1.880 neste ano, segundo informações do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur). Nesta terça-feira (26), a Marinha italiana anunciou que 24 corpos, foram encontrados após o naufrágio no domingo (24) de uma embarcação com imigrantes ao norte da costa líbia.

Ao perceber o naufrágio, a Marinha italiana enviou um helicóptero que lançou equipamentos de salva-vidas. Além disso, a intervenção de dois navios militares, salvou 364 náufragos.

Também foram encontrados no domingo 18 corpos a bordo de uma embarcação à deriva ao sul da ilha italiana de Lampedusa, ao lado de 73 sobreviventes. Entre sexta-feira e domingo, quase quatro mil imigrantes foram resgatados dentro da operação “Mare Nostrum“.

A guerra na Síria, a ditadura na Eritreia e outras crises na África, assim como a desestabilização da Líbia, contribuem para o fluxo crescente de clandestinos que usam embarcações precárias e pagam um preço muito alto pela travessia aos traficantes.

Segundo o Acnur, 108 mil pessoas chegaram à Itália pelo mar no decorrer do ano. Outros 14.800 chegaram às costas da Grécia, 1.100 da Espanha e 308 em Malta.

Em uma reunião da União Europeia nesta quarta-feira, o ministro do Interior italiano exigirá que o grupo faça mais para ajudar a resgatar os imigrantes.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *