Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 04/04/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Mais de 150 mil devem acompanhar votação do impeachment no DF

dtq-Protesto-Rodrigo-Lôbo-Fotos-Públicas

Com a proximidade da votação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff pelo plenário da Câmara, dentro de no máximo três semanas, o clima entre os favoráveis e os contrários ao afastamento da petista deve se acirrar ainda mais. E os dois lados prometem acompanhar e pressionar os parlamentares, o que torna disputado cada metro quadrado de gramado em frente ao Congresso Nacional.

Segundo matéria publicada no site do ‘Correio Braziliense’, diferentemente do que ocorreu em 29 de setembro de 1992, quando a Câmara dos Deputados votou a favor da abertura do processo de impeachment de Fernando Collor — e não havia dois lados políticos em conflito ideológico no país —, desta vez, há a polarização do Brasil. Nas duas últimas grandes manifestações realizadas em Brasília, a soma do público presente superou 150 mil pessoas, segundo a Polícia Militar: 50 mil no ato em apoio à presidente, na quinta-feira passada, e 100 mil manifestantes no protesto a favor do impeachment, em 13 de março.

É certo que não dá para cravar o número de pessoas nas ruas durante os dias de votação do impeachment, mas, seguindo a movimentação nos últimos protestos, o ‘Correio’ chegou ao número de 5,27 pessoas por metro quadrado somente no gramado em frente ao Congresso. Com uma área de 28.453 metros quadrados, a área mais disputada de Brasília deverá ser dividida ainda com muitos carros de som, barracas e bandeiras.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Correio Braziliense

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *