Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 21/01/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Lula se faz de vítima para reagir a cerco da Lava Jato

dtq-Lula-InstLula1

O ex-presidente Lula reuniu blogueiros nesta quarta-feira (20) para fazer as três coisas que mais gosta: bravatear, posar de vítima e palpitar sobre o governo de Dilma Rousseff.

Segundo nota da coluna Radar de ‘Veja’, a “entrevista” faz parte da estratégia de Lula de reagir ao avanço de operações da Polícia Federal como a Lava Jato e a Zelotes, que se aproximam dele e de seus familiares.

Na semana passada, Lula já havia reforçado sua defesa. Agora, na conversa com os blogueiros, não se furtou a colocar em xeque as investigações, ao afirmar que já ouviu dizer que delações premiadas só valem se o citarem.

Também chamou de “violência” a investigação da Zelotes sobre a atuação de um de seus filhos, Luis Claudio. Além da ofensiva jurídica e midiática, Lula e o PT se preparam para ir às ruas em defesa do ex-presidente, caso o cerco se feche ainda mais.

“Se forem mesmo para cima do Lula, o partido vai reagir”, disse à coluna nesta quarta-feira um petista próximo ao ex-presidente.

O ex-presidente também afirmou que “não tem uma viva alma mais honesta” do que ele no país: “Se tem uma coisa que eu me orgulho, neste país, é que não tem uma viva alma mais honesta do que eu. Nem dentro da Polícia Federal, nem dentro do Ministério Público, nem dentro da igreja católica, nem dentro da igreja evangélica. Pode ter igual, mas eu duvido”.

Lula também tentou intimidara a imprensa que, segundo ele, está disseminando informações mentirosas. “Comecei a processar jornalistas. […] Vou começar a processar jornalista para ver se a gente recupera a dignidade da categoria e as pessoas verem que, quando escrevem alguma coisa prejudicando alguém, aquilo tem consequência. Contratei o Nilo Batista. Daqui pra frente, vou processar todo mundo, criminalmente, cível, sei lá. Pra ver se a gente consegue colocar um pouco de ordem na casa”, afirmou o ex-presidente.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Veja

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *