Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 01/07/2013 em Gospel, Notícias | Nenhum comentário

Justiça reintegra Samuel Câmara ao quadro de pastores da CGADB

pastor-Samuel-CamaraO poder judiciário do Estado do Amazonas suspendeu nesta quarta-feira (26) a decisão da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) de desligamento do pastor Samuel Câmara de seu quadro de associados (Clique aqui e leia a decisão na íntegra).

Assinada pelo juiz José Renier da Silva Guimarães, o mesmo “deferiu o pedido de antecipação da tutela, determinando ao requerido a imediata suspensão dos efeitos decorrentes da decisão que desligou o autor dos quadros de Pastores da Convenção Geral das Assembléias de Deus – CGADB, nos autos do Processo Ético Disciplinar nº 036/12 e todos os seus apensos, com sua imediata reintegração aos quadros da entidade”.

A decisão também inclui o pagamento de uma multa no valor de R$ 20.000,00 por dia de atraso não justificado no cumprimento da presente medida, a partir da intimação.

Em maio deste ano, durante reunião da Mesa Diretora da CGADB a mesma decidiu, por sete votos a três, desligar Samuel Câmara de seu quadro de pastores. O Conselho de Ética e Disciplina da convenção justificou a decisão sob a acusação de quebra de decoro, alegando que o pastor teria tumultuado a reunião da AGE, que aconteceu em 2012 no estado de Alagoas.

Além de Samuel Câmara, os pastores Sóstenes Apolos, Jônatas Câmara e Ivan Bastos também estavam para ser julgados, porém os dois primeiros não compareceram na reunião por motivos médicos e Bastos, que agora é o 1º Tesoureiro da Mesa, só poderá ser julgado em uma Assembleia Geral Ordinária.

O julgamento dos pastores estava marcado para o mês de janeiro, mas uma liminar da Justiça impediu que ele acontecesse antes das eleições da CGADB, que foram realizadas em 11 de abril durante a AGO de Brasília.

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *