Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 29/10/2013 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Jovem é detido suspeito de 79 assassinatos e confessa apenas 45

preso

Um homem, de 20 anos, foi detido em Nuevo León, no norte do México, suspeito de ter envolvimento no assassinato de 79 pessoas. Detido em 8 de outubro, em Monterrey, Juan Pablo Vazquez confessou 45 das acusações. Ele ainda responde por tráfico de drogas e participação em um grupo de crime organizado.

Segundo Jorge Domene, porta-voz da Segurança do Estado de Nuevo León, Juan Pablo foi detido com uma mulher, identificada com Nancy Ortiz, enquanto vendiam drogas. No momento de sua prisão foram apreendidos um carro, 35 pacotes de maconha e 12 celulares.

Na delegacia, ele afirmou que pertencia a um grupo de crime organizado local, não identificado, e admitiu 45 assassinatos. Ele ainda “está relacionado com pelo menos 79 assassinatos, a maioria deles cometidos em 2012”, afirmou o porta-voz. O oficial disse que o mexicano é integrante de um cartel, sem precisar qual. Entre as vítimas do jovem estão: um policial, uma mulher que era acompanhante de um membro de um cartel rival e uma dançarina.

A polícia local procura ainda novas provas que possam associá-lo aos crimes dos quais ele é suspeito.

Segundo informações do jornal britânico Independent, o México tem sofrido com uma onda de violência relacionada ao tráfico de drogas, na qual até mil pessoas por mês estão morrendo em assassinatos cometidos por membros do crime organizado. Desde 2007, cerca de 80 mil pessoas morreram como resultado da violência dos cartéis.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *