Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 25/11/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Israel prende suspeitos de causar incêndios florestais no país

Os incêndios são os maiores no país desde 2010

Os incêndios são os maiores no país desde 2010

A polícia de Israel comunicou nesta sexta-feira (25) que prendeu 12 pessoas suspeitas de incêndio criminoso devido aos incêndios florestais de grande porte que assolam o centro e o norte do país, obrigando a retirada de cerca de 80 mil pessoas da cidade de Haifa e destruindo centenas de casas.

Os bombeiros ainda combatiam as chamas nas colinas florestadas dos arredores de Jerusalém e em áreas do norte nesta sexta-feira, com apoio de bombeiros palestinos e equipes de emergência de Grécia, Chipre, Croácia, Itália, Rússia e Turquia.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse também ter aceitado ofertas de ajuda do Egito e da Jordânia.

Segundo matéria da agência ‘Reuters’, o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, afirmou que uma dúzia de pessoas foram detidas enquanto tentavam iniciar incêndios ou fugir da área, mas não deu maiores detalhes.

Para o ministro da Segurança Interna, Gilad Erdan, o ato criminoso vem de “minorias”, uma alusão a cidadãos árabe-israelenses ou palestinos.

Os incêndios são os maiores no país desde 2010, quando 44 pessoas morreram em um de grande proporção no norte. Investigadores concluíram que o fogo foi resultado de negligência.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Reuters

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CLOSE
CLOSE