Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 08/04/2013 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Israel fecha fronteira com Gaza após disparo de foguete

foguete-faixa-de-gazaO exército israelense fechou nesta segunda-feira (8) a passagem de fronteira de Kerem Shalom, utilizada para transportar mercadorias à Faixa de Gaza, após um disparo de foguete no domingo (7), dia em que o secretário de Estado americano, John Kerry, desembarcou em Israel.

“A passagem de Kerem Shalom permanecerá fechada até segunda ordem, com exceção dos casos humanitários”, afirmou uma fonte do exército.

Um foguete disparado da Faixa de Gaza no domingo caiu no sul de Israel, mas não provocou danos ou feridos, pouco depois da chegada do chefe da diplomacia americana, que espera reativar as negociações de paz entre israelenses e palestinos.

Diplomacia

Kerry viajou a Israel e aos Territórios Palestinos para tentar reativar as negociações de paz entre israelenses e palestinos, pouco depois de uma visita à Turquia, onde pediu que este país e o Estado hebreu retomem suas relações.

Ele foi diretamente a Ramallah (Cisjordânia), onde se reuniu com o presidente palestino, Mahmud Abbas, em seu terceiro encontro em pouco mais de um mês. Abbas impôs a Kerry a libertação de prisioneiros palestinos como condição para a retomada das negociações de paz.

“O presidente Abbas ressaltou que a libertação dos prisioneiros é uma prioridade que cria um clima apropriado para a possibilidade de se obter um avanço no processo de paz”, disse à AFP seu porta-voz, Nabil Abu Rudeina, depois de uma reunião de cerca de 90 minutos no complexo presidencial de Ramallah.

Abbas disse a Kerry que libertar cerca de 4.500 detentos que estão nas prisões israelenses é “a maior prioridade para criar a atmosfera adequada para a retomada das negociações”.

Durante a visita de Kerry a Ramallah, um foguete foi disparado de Gaza em direção a Israel. O ataque não deixou feridos.

Americanos e palestinos mantiveram suas discussões abertas no fim de março durante a visita histórica do presidente Barack Obama. No encontro de cerca de 80 minutos, considerado “construtivo”, foi discutida “uma forma de criar um ambiente propício a negociações”, segundo uma autoridade do Departamento de Estado.

Na terça-feira Kerry se reunirá em Israel com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Depois, o secretário americano irá para um encontro de ministros das Relações Exteriores do G8 em Londres, antes de partir para a Ásia em sua primeira viagem por essa região desde que foi nomeado para o cargo.

Deixe o seu comentário.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *