Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 30/03/2017 em Gospel, Notícias | Nenhum comentário

‘Hinduinização’: governo da Índia reage as conversões ao cristianismo

Governo vem aprovando projetos de lei com o objetivo declarado de “resgatar a cultura, tradição e identidade dos povos indianos”

Nagaland é um dos estados indianos onde há aproximadamente 2 milhões de habitantes. A população é majoritariamente cristã, cerca de 90%. O restante se declara hindu ou budismo. Porém, a situação dos cristãos não é tranquila, e eles pedem orações. O governo indiano reage às conversões ao cristianismo, como fez em 2015, aprovando projetos de lei com o objetivo declarado de “resgatar a cultura, tradição e identidade dos povos indianos”.

No geral, a Índia é uma nação governada por um partido político que protege o hinduísmo radical. Classificada na 15ª posição da atual Lista Mundial da Perseguição, a Índia ainda se declara como um estado secular, com liberdade de religião. No entanto, não é o governo federal que decide as questões religiosas através da legislação, e sim cada estado com sua própria política.

No caso de Orissa, Himachal Pradesh, Gujarat, Madhya Pradesh e Chhattisgarh, por exemplo, todos implementaram a chamada legislação anti-conversão. Logo, nessas regiões, os cristãos ex-hindus suportam o maior peso da perseguição. Sabe-se que um processo de “hinduinização” está sendo implantado no país, por isso as demais minorias e linha religiosas estão mais vulneráveis. A intenção dos radicais hindus é que a nação seja completamente hindu a médio prazo. Ore pela igreja na Índia.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Portas Abertas

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CLOSE
CLOSE