Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 27/06/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Google muda busca na Europa para obedecer ‘direito a ser esquecido’

google

Empresa acata decisão da União Europeia sobre ‘direito a ser esquecido’. Google recebeu mais de 41 mil pedidos de remoção em quatro dias

O Google afirmou nesta quinta-feira (26) que começou a remover resultados de buscas da sua ferramenta para cumprir uma decisão da União Europeia. A medida defende o direito dos cidadãos de terem informações pessoais questionáveis escondidas dos motores de pesquisa na internet.

“Nesta semana estamos começando a dar sequência aos pedidos de remoções que recebemos”, disse um porta-voz do Google. “Esse é um processo novo para nós. Cada pedido tem de ser avaliado individualmente e estamos trabalhando o mais rápido possível para fazer a fila andar”.

O chamado “direito a ser esquecido” foi endossado pelo tribunal superior da Europa em 13 de maio, quando ordenou que o Google retirasse um link para um artigo de jornal de 15 anos de idade sobre a falência de um homem espanhol.

O Google recebeu mais de 41 mil pedidos ao longo de quatro dias depois de disponibilizar um formulário on-line no qual os europeus podiam solicitar que os resultados de pesquisa fossem removidos.

Preocupações com a privacidade na internet entraram em pauta com força no ano passado, quando Edward Snowden, ex-terceirizado da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, revelou detalhes de programas de vigilância em massa dos EUA envolvendo cidadãos europeus e alguns chefes de Estado.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *