Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 24/10/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Fundadora do PT critica Dilma e Lula e declara voto em Aécio

Sandra

Ex-deputada federal explica que é um ‘voto crítico’, para mostrar sua indignação diante do comportamento do governo Dilma de esconder dados

Fundadora do PT e líder do partido na época do governo tucano de Fernando Henrique Cardoso, a ex-deputada federal Sandra Starling anunciou que votará no candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, no próximo domingo (26). Aos 70 anos, a professora aposentada disse ao ‘Globo’ que decidiu votar em Aécio diante do comportamento do governo Dilma de esconder dados, citando o caso do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que segurou a divulgação de dados sobre a superação da pobreza no país. A ex-petista disse que é um “voto crítico” e para mostrar sua indignação. Ela faz críticas ao PT, ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff.

Sandra autorizou a publicação na quarta-feira (22) de um texto seu intitulado “Meu voto crítico em Aécio é um veto ao voto a Dilma” no blog Diário do Poder. No dia seguinte, ela disse que saiu do PT em 2010 quando o ex-presidente Lula impôs o apoio do partido à candidatura de Hélio Costa (PMDB) ao governo de Minas Gerais. Sandra lembrou que concorreu ao governo de Minas em 1982 contra o avô de Aécio, Tancredo Neves. E contou que, no início do ano, chegou a ironizar a decisão de Aécio de ser candidato à Presidência.

Durante a entrevista, Sandra afirmou que o PT se perdeu quando Lula resolveu ser dono do partido. “Eu me desfiliei do PT em 2010. Fui líder do PT e combati o governo Fernando Henrique feito louca. Em 1996, combati a reeleição, sou contra a reeleição. Fico envergonhada de os petistas concorrerem à reeleição”.

Para a professora o atual governo é péssimo e não ouve ninguém.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *