Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 13/07/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Fotos: ‘Overdose coletiva’ de maconha sintética leva dezenas para o hospital; amplie!

Autoridades foram informadas de que região no Brooklin estava repleta de usuários caídos pelas ruas

Paramédicos atenderam várias pessoas quase inconscientes que estavam estiradas pelas calçadas

Dezessete pessoas foram hospitalizadas nesta terça-feira (12) por causa de uma possível overdose de K2, conhecida como maconha sintética, no Brooklyn, em Nova York (EUA), segundo informações do ‘Daily New’.

As autoridades foram informadas a respeito dessa onda de overdoses após um telefonema para a emergência 911, que relatava a presença de pessoas com estado mental alterado na Rua Stockton, perto da Avenida Myrtle, em plena manhã, por volta das 9h40 em Bedford-Stuyvesant.

Bombeiros, policiais e paramédicos encontraram nessa região 17 pessoas quase inconsciente.

“Foi como uma cena de The Walking Dead, eles estavam como zumbis”, disse chocado um morador do bairro, Brian Arthur.

Estado deplorável

Uma mulher que estava sendo atendida por um policial estava quase inconsciente, com os olhos virados para cima. Em outro parte da rua, um homem parecia estar em estado de sonambulismo enquanto policiais tentavam convencê-lo a entrar em uma ambulância para ser atendido.

No total, oito pessoas em estado alterado foram hospitalizadas.

“Foi como uma cena de The Walking Dead, eles estavam como zumbis”, declarou um morador do bairro

Ao lado de muitas desses usuários, estavam pacotes com os apelidos dessas drogas conhecidos nas ruas. Doze pacientes foram levados para Woodhull Hospital. Cinco foram levados para Wyckoff Heights Medical Center.

Fora de controle

A droga tem afligido o bairro nos últimos anos, com viciados visivelmente em estado alterado largados ao longo das calçadas, segundo contam vizinhos e trabalhadores que circulam pela região.

O Departamento de Saúde da cidade informa que tem registrado um pico de atendimentos de emergência relacionados ao K2 em prontos-socorros de toda a cidade.

A instituição alerta: “Lembramos os nova-iorquinos que o K2 é extremamente perigoso”.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, assinou em outubro uma lei que torna crime a venda ou produção de K2, com pena de até um ano de prisão e multas no total de R$ 181.600,00. Mas pelo visto a droga está se alastrando pela cidade.

Veja abaixo fotos de incidente e deixe o seu comentário no Comerj.

Imagem: Reprodução/Daily News

Imagem: Reprodução/Daily News

Imagem: Reprodução/Daily News

Fonte: R7

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *