Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 27/09/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

EUA pune chineses por ajuda a programa nuclear da Coreia do Norte

dtq-coreia

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou na segunda-feira (26) medidas contra quatro cidadãos chineses e uma empresa do país, por conspirarem para ajudar o programa nuclear na Coreia do Norte, violando sanções econômicas americanas.

Através da empresa, localizada na China, os chineses realizavam transações pelo sistema bancário americano, acobertando negócios do governo de Kim Jong-un. Assim, facilitavam a compra e venda de produtos de firmas estrangeiras, usados para aprimoramento do programa nuclear da Coreia do Norte. Apesar de estar localizada no país asiático, a empresa realizava negócios utilizando o dólar americano e, portanto, violava as restrições dos Estados Unidos impostas à Coreia do Norte.

De acordo com o jornal ‘Washington Post’, os quatro chineses trabalhavam para a firma, chamada Dandong Hongxiang Industrial Development Co. Ltd. (DHID). Entre está o acionista majoritário Ma Xiaohong, que vive na fronteira com a Coreia do Norte. Ele realiza negócios com o país desde 1996 e se beneficiava pessoalmente das transações.

Além de entrar com um processo criminal contra os quatro chineses, o Departamento de Justiça pediu o congelamento dos fundos de 25 contas em bancos da China, utilizadas para fazer negócio com a DHID.  O governo alega que as contas foram usadas para lavagem de dinheiro por meio de bancos americanos.

Em resposta ao caso, o Tesouro Americano também decidiu bloquear todos os ativos que a DHID ou seus representantes possam ter sob jurisdição americana e proibiu pessoas ou entidades dos Estados Unidos de manter relações comerciais ou financeiras com a empresa e seu parceiros.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Veja

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *