Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 20/08/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

EUA: polícia mata mais um homem negro e tensão racial aumenta

protesto-EUA-SCOTT-OLSON-AFP

Mais 47 pessoas foram detidas nas manifestações contra morte do jovem negro Michael Brown na semana passada

As tensões raciais no estado americano de Missouri, nos EUA, elevaram-se novamente nesta terça-feira(19) à noite após a polícia matar outro jovem afroamericano, enquanto as autoridades tentam conter os protestos em Ferguson contra a morte de um adolescente negro desarmado, Michael Brown, por um policial branco na semana passada. Mais 47 pessoas foram detidas na cidade na noite de terça-feira, no 10º dia de distúrbios.

Moradores furiosos de um bairro negro em St Louis, não muito longe de Ferguson, acusaram a polícia de força excessiva após dois policiais dispararem vários tiros contra um jovem de 23 anos, que estaria carregando uma faca e teria um comportamento suspeito. Sam Dotson, chefe da polícia metropolitana de St Louis, disse que o jovem não obedeceu as ordens para largar a faca quando foi baleado pela polícia. A vítima era bem conhecida na área e foi identificada localmente como Kajieme Powell.

Durante os protestos em Ferguson, a polícia apreendeu três armas dos manifestantes. O capitão Ron Johnson, da patrulha rodoviária, afirmou que os manifestantes jogaram garrafas de água e urina contra a polícia no fim dos protestos, o que obrigou a intervenção policial. Foram detidas 47 pessoas.

Johnson insistiu que, ao contrário dos protestos de segunda-feira, os manifestantes não usaram armas de fogo e a polícia não utilizou gás lacrimogêneo.

Registros de prisão obtidos por meios de comunicação locais revelaram que 78 pessoas foram presas em confrontos com manifestantes na noite de domingo e na segunda-feira de manhã, apesar de uma demonstração maciça de força pela polícia e a chegada de unidades da Guarda Nacional, convocadas pelo governador de Missouri.

Michael Brown foi morto em 9 de agosto, provocando uma onda de protestos e colocando a questão racial no centro do debate dos Estados Unidos. Uma autópsia preliminar encomendada pela família apontou que o adolescente foi baleado seis vezes, sendo duas na cabeça.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *