Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 09/09/2015 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Espanha teme que EI se infiltre entre refugiados

estado-islamico

O Ministério do Interior da Espanha afirmou que está em alerta para diante do temor de que no próximo contingente de refugiados que a Espanha acolherá, possa estar infiltrado um grupo de terroristas jihadistas. O ministro Jorge Fernández reconheceu nesta terça-feira (8) em Paris sua preocupação com essa possibilidade, especialmente depois de as forças de segurança serem avisadas sobre o roubo na Síria de 1.452 passaportes originais em branco que poderiam ser usados pelos terroristas do Estado Islâmico (EI). O ministério usa esse argumento para analisar em detalhes o novo grupo de refugiados que será admitido no país.

Jorge Fernández reiterou em Paris, durante sua participação na Conferência sobre a Violência contra as Minorias no Oriente Médio, a nova doutrina que o presidente do Governo impôs a seu Executivo, de que não serão postos limites nem empecilhos nem problemas econômicos à admissão do número de refugiados que a Comissão Europeia definir.

Para ele as futuras transferências de novos refugiados devem ser realizadas “com um procedimento comum” e bem definido por todos os países da União Europeia para ordenar a redistribuição das pessoas, mas recordou que ainda não foram preparados os centros de recepção que todos os países europeus haviam concordado em estabelecer antes do início do segundo semestre.

O ministério teme que o Estado Islâmico queira aproveitar essa crise imigratória para introduzir em alguns países da União Europeia elementos terroristas. Fernández comentou que sua pasta não descarta a possibilidade de que haja infiltrações (“tempos atrás o Estado Islâmico fez uma ameaça nesse sentido”) e antecipou que tomará “as medidas adequadas” porque considera essa tese “uma realidade a ser levada em conta em razão da ameaça do EI ”.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: El País

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *