Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 08/06/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Escassez de comida faz venezuelanos buscarem frutas em árvores

dtq-miseria

A temporada de mangas na Venezuela traz algum alívio à falta de alimentos que tem forçado os mais pobres a pular refeições e precipitado uma série de saques. A população tem recorrido a frutas tropicais, como manga, coco e mamão, a fim de evitar as enormes filas para comprar comida, cada vez mais escassa.

Segundo matéria do site ‘Globo’, às crianças que antes jogavam pedras para derrubar as mangas, agora se juntam aos trabalhadores durante o horário de almoço para colher os frutos das árvores.

No país de 30 milhões de habitantes afetado pela crise, as pessoas estão consumindo mais carboidratos e menos proteínas. Muitos dizem que não podem fazer três refeições por dia. Por isso a temporada de mangas é bem-vinda.

As esquinas se enchem com o comércio informal de frutas recém-colhidas ao mesmo tempo em que a recessão reduz o emprego, e a inflação diminui o poder de compra.

Joshua Moreno, de 19 anos, deixou o trabalho numa fábrica de engarrafamento de água há quatro meses, onde ganhava US$ 7 por hora. Agora vende cocos numa rua de La Fria.

Mas as frutas não substituem uma dieta adequada. E os protestos se espalham enquanto os caminhões de abastecimento somem de vista. Há dois dias Adrian Vega come biscoitos e mangas do quintal de sua casa, em Bolívar.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *