Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 06/03/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Disney impõe a escoteiros aceitação de gays como líderes

disneyland-park-paris1

O grupo The Walt Disney Company notificou o grupo Boys Scouts of America (BSA), que administra os escoteiros dos EUA, ameaçando retirar investimentos caso o órgão não permita que membros homossexuais sejam líderes, segundo informações do The Christian Post.

A Disney possui um trabalho de parceria com o grupo, por meio de um programa de entretenimento chamado VoluntEARS, que recebe doações para trocar por serviço voluntário.

No entanto, em novas diretrizes sobre doações, a empresa de entretenimento diz que grupos que discriminam pessoas para a prestação de serviços, com base em raça, religião, cor, sexo, nacionalidade, idade, estado civil, capacidade mental ou física, ou orientação sexual, não pode receber financiamento.

Em resposta, o Conselho Nacional do BSA apontou que tentou entrar em acordo com a Disney, mas “as suas opiniões não podem alinhar com a BSA no momento e eles optam por interromper este nível de apoio”, destaca Robert Utsey, presidente do Conselho Central de Escoteiros da Flórida.

Já o porta-voz do BSA, Deron Smith, teme que o suporte para as crianças seja prejudicado. “Acreditamos que toda criança merece a oportunidade de ser uma parte da experiência do escotismo, e estamos desapontados com esta decisão, pois vai afetar nossa capacidade de atender crianças”, afirma o porta-voz.

O BSA aprovou uma resolução em maio de 2013, que liberava a adesão de qualquer pessoa independente de sua orientação sexual. No entanto, a organização manteve sua restrição para líderes adultos com tendência homossexual.

Em contrapartida, a Disney busca cada vez mais o homossexualismo dentro da empresa. Em 2013, George Kalogridis, executivo declaradamente homossexual, foi nomeado presidente da Walt Disney World, enquanto em junho será promovido o “Dia Gay” no parque da empresa em Orlando.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: The Christian Post

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *