Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 11/04/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Cristina Kirchner será investigada em escândalo de lavagem de dinheiro

dtq-kirchner1

A ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner será investigada por suposto envolvimento em crime de lavagem de dinheiro. Segundo o jornal argentino ‘La Nación’, o procurador federal Guillermo Marijuan solicitou a abertura de investigação contra a ex-presidente por suspeita de participação em um esquema que já levou para cadeia pessoas com fortes conexões com seu governo.

Segundo o jornal, uma testemunha disse no processo, que corre sob segredo de justiça, que a a ex-presidente e marido Néstor Kirchner, que foi presidente entre 2003-2007 e que morreu em 2010, como chefes de um esquema de corrupção e desvio de recursos.

Além de Cristina, o procurador solicitou que sejam investigados o ex-ministro do Planejamento Federal de Kirchner, Julio De Vido, o financista argentino Ernesto Clarens e outras pessoas que não tiveram sua identidade divulgada.

Na próxima quarta, a ex-presidente deve comparecer à Justiça para testemunhar em um outro caso por suspeita de malversação pública por operações cambiais do Banco Central quando ela ocupava a Casa Rosada.

No âmbito dessa investigação, a Justiça determinou na quarta-feira a detenção do empreiteiro Lázaro Báez, por suspeita de lavagem de dinheiro. Ele teria multiplicado sua fortuna ao longo das gestões do casal Kirchner.

Báez, de 59, é acusado de ter desviado dinheiro para contas na Suíça nos 12 anos de governo Kirchner, com os quais manteve uma amizade. A imprensa argentina alega que Baéz seria responsável pela administração financeira da família Kirchner.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Veja

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *