Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 04/08/2017 em Gospel, Notícias | Nenhum comentário

Crise humanitária na Nigéria: cristãos são perseguidos e descriminados

Uma séria crise humanitária se instalou no norte da Nigéria. No final do ano passado, cerca de 2 milhões de nigerianos foram deslocados, a maioria por conta da insurgência islâmica do grupo extremista Boko Haram. As pessoas que vivem em Adamawa, Borno e Yobe sentiram ainda mais a violência. Os cristãos que vivem nessas regiões também foram afetados. Colaboradores da Portas Abertas relatam que ouviram muitos testemunhos de discriminação e situações em que a ajuda humanitária não chegou para aqueles que seguem o cristianismo.

Alimentos foram entregues a 15 mil famílias cristãs mais necessitadas. Alguns líderes comentaram sobre a situação que essas famílias enfrentam. “Em todos os aspectos da vida, os cristãos enfrentam a discriminação. Na questão do apoio alimentar, ouvimos dizer que a ajuda do estado nunca chegou aos nossos irmãos. O apoio da Portas Abertas foi essencial para salvar muitas vidas aqui em Yobe”, conta o líder cristão Garba Idi.

Segundo ele, algumas pessoas, entre elas crianças, já morreram de fome. “Se não fosse pelo esforço das pessoas que amam a Deus, talvez estivéssemos mortos há muito tempo. Agradecemos ao Senhor por enviá-los até nós aqui na Nigéria, pois não temos para onde ir. Deus tem usado esse ministério para trazer esperança ao nosso povo. Amamos a cada um de vocês e oramos por todos aqueles que estenderam a mão para nós”, conclui Garba.

Pedidos de oração

Interceda pela Igreja Perseguida na Nigéria e peça ao Senhor que mantenha os nossos irmãos na fé firmes e fortes, apesar da situação difícil que enfrentam. Ore para que a liderança cristã nessa nação seja sábia e estratégica. A Nigéria é o 12º país na atual Lista Mundial da Perseguição, e enfrenta as consequências dos ataques do Boko Haram.
Ore pelos perseguidores também, que seus corações sejam impactados pelo amor de Cristo e que eles abandonem os maus caminhos.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Portas Abertas

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *