Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 05/09/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Coreia do Norte ignora G20 na China e dispara mísseis na Ásia

dtq-ditador_coreia_kcna

Kim Jong-un comemorou teste com míssil, segundo agência de notícias

A Coreia do Norte disparou nesta segunda-feira (5) três mísseis balísticos de médio alcance ao Mar do Japão, segundo reporta o Ministério de Defesa da Coreia do Sul. O lançamento coincide com a cúpula do G20, em Hangzhou, na China, com a presença dos chefes de Estado e de governo das vinte nações mais ricas do planeta. Até o momento, a organização do G20 não emitiu nenhum comentário sobre os lançamentos de mísseis.

Os projéteis foram lançados por volta das 12h14 (hora local, 0h14 horário de Brasília) de Hwangju e caíram em águas japonesas após percorrer uma distância de aproximadamente 1.000 quilômetros.

Alerta

Até o momento, a organização do G20, que realiza encontro na China, não emitiu nenhum comentário sobre os lançamentos de mísseis

Até o momento, a organização do G20, que realiza encontro na China, não emitiu nenhum comentário sobre os lançamentos de mísseis

Os militares sul-coreanos estão em alerta sobre os movimentos do Exército do país vizinho e reforçaram sua postura de defesa contra a possibilidade de novas “provocações”, afirmou o porta-voz do Ministério da Defesa. Ele também disse que se trata de “uma nova e clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU”, que proíbem a Coreia do Norte realizar testes com qualquer tipo de tecnologia de mísseis balísticos.

O novo teste de mísseis da Coreia do Norte acontece em um momento de tensão na região, depois que o Conselho de Segurança impôs, no mês de março, fortes sanções comerciais ao país comunista pelos testes nuclear e de mísseis de longo alcance realizadas no começo do ano. Desde então, são constantes os lançamentos por parte de Pyongyang de mísseis de diversos calibres.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Veja 

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *