Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 05/08/2013 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Comandante da PM perdoa todos os desvios de conduta dos militares

cmdt_erir

O comandante da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Erir da Costa Filho, decidiu anistiar os militares de todas as patentes da corporação de punições referentes a atos indisciplinares praticados nos últimos dois anos. A informação foi divulgada na coluna da jornalista Berenice Seara, do jornal Extra, neste sábado.

Segundo o jornal, todos os policiais foram liberados das punições, inclusive os que cumprem ou deveriam cumprir pena de prisão. A justificativa para as anistias seria o rigor já aplicado pela corregedoria desde que Erir da Costa Filho assumiu o comando da PM, há dois anos, informa a publicação. Em 2012, foram realizadas exclusão e licença de 317 PMs.

Imagem: Reprodução (Carlos Magnos/Gov.Est. do RJ)O Extra complementa que a decisão da Polícia Militar se baseou ainda no empenho dedicado pela tropa durante a Copa das Confederações e os protestos da cidade. A PM informou que as anistias só valem para casos de menor potencial ofensivo e que os mais graves continuam no Conselho de Disciplina.

Erir da Costa Filho já anunciou sua saída do cargo e o substituto dele já deve ser nomeado na próxima semana. A PM enfrenta um embate dentro da própria instituição e está com a imagem desgastada pelas duras críticas quanto à maneira de reprimir as manifestações.

Além de todo o problema das ações contra manifestantes, Beltrame teria ficado incomodado com uma discussão pelo Twitter da corporação, gerenciado por Erir, com a Alerj e a Ordem dos Advogados do Brasil.

Fonte: SRZD

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *