Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 10/02/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Cinegrafista atingido por rojão em protesto tem morte cerebral

cinegrafista-santiago-TVGlobo

Exames mostraram que 90% do lado esquerdo do cérebro de Santigo Ilídio Andrade estariam sem irrigação

O cinegrafista da Rede Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos, teve morte cerebral na manhã desta segunda-feira (10). Santiago estava internado em estado grave no Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro, desde o último dia 6. Os médicos teriam feitos exames que mostraram que 90% do lado esquerdo do cérebro do cinegrafista estariam sem irrigação.

Dois drenos chegaram a serem colocados na cabeça do cinegrafista para diminuir a pressão craniana, e no sábado uma tomografia realizada no hospital havia comprovado que a hemorragia intracraniana teria sido controlada.

O cinegrafista tinha 20 anos de profissão, dez deles na Rede Bandeirantes. Santiago ganhou dois prêmios de mobilidade urbana com reportagens sobre o transporte no Rio, em 2010 e 2012.

Casado há 30 anos, ele deixa a mulher, Arlita Andrade, uma filha e três enteados.

Na manhã desta segunda-feira, em entrevista ao Bom Dia Brasil, a mulher do cinegrafista disse que não acreditava que seu marido sobrevivesse ao ferimento que sofreu durante a manifestação

“Quando eu entrei (no hospital), senti que ele não estava mais lá. Fiquei pensando que eu tenho que mostrar que ele não pode estar indo embora em vão. Meu marido é só mais uma pessoa, mas não quero que o nome dele seja esquecido”, afirmou Arlita.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *