Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 26/02/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Bolsonaro é liberado para disputar presidência da Comissão de Direitos Humanos

dep-jair-bolsonaro

O deputado concorrerá como candidato avulso na Câmara

O ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos Marco Feliciano (PSC-SP) fez uma consulta no final da noite desta terça-feira (25) à Secretaria Geral da Mesa sobre a possibilidade do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) disputar, nesta quarta-feira, às 14h, a presidência do colegiado como candidato avulso. A resposta dos técnicos da secretaria é que ele pode sim, mesmo havendo acordo para que o comando da comissão seja destinado a um parlamentar petista. Feliciano não conseguiu ser indicado pelo seu partido como membro titular da comissão que presidiu, mas conseguiu uma vaga como suplente cedida por outra legenda. O que é suficiente para garantir que participe das reuniões. Bolsonaro será titular da Comissão de Direitos Humanos, como indicação do PP.

No PT, o deputado Assis Couto (PR) venceu a disputa interna do partido para presidir a Comissão de Direitos Humanos. Ele venceu o deputado Nilmário Miranda (MG) por 35 votos a 22. Até o final desta terça-feira, o PT ainda discutia quem seria seu nome. A legenda não apenas costurou para ficar com a presidência da comissão como mobilizou os outros partidos para indicarem nomes afinados com a defesa histórica da causa.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *