Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 04/10/2013 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Bisavó enterra criança viva no quintal de casa no Rio de Janeiro

Bebe_Evelyn-Moraes_RadioGlobo

O bebê está em estado grave

Policiais militares do Batalhão de Mesquita (20º BPM), na Baixada Fluminense (RJ), foram acionados nesta quarta-feira (2) para socorrer um bebê em Nova Iguaçu, depois que a bisavó dele, Maria da Salete Ramos, 60 anos, enterrou a criança viva no quintal de casa. Segundo a PM, a mulher agrediu Igor Fraga do Nascimento, de apenas um mês, cavou um buraco e enterrou o bebê. A mãe da criança, uma adolescente de 14 anos, deu falta do filho e conseguiu salvá-lo.

Maria da Salete, que estava aparentemente alcoolizada, contou na delegacia de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, que ouviu uma voz que a deixou atordoada. Com isso, ela resolveu se livrar do menino. A tia-avó de Igor, Elizete Fraga, contou como a família descobriu que o bebê estava enterrado.

“Vimos o bebê no quintal e a Maria de Salete disse que estava plantando tomate. Ele estava respirando bem fraco e todo roxo. Tiramos o Igor de lá e levamos para o hospital”, afirmou Elizete. “Ela já tinha agredido meu filho, que é especial, mas a gente não imaginava que faria isso com um recém-nascido. A mãe do Igor já sabia que ela era doente”, completou.

A avó de do bebê, Arlete Areias Fraga, contou que a bisavó de Igor toma remédios controlados e é alcoólatra. Ela afirmou que tomou a iniciativa de chamar a polícia para prender a própria mãe.

Igor foi levado para o Hospital da Posse, também em Nova Iguaçu, onde está internado na UTI infantil em estado grave.

Fonte: Rádio Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *