Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 27/02/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Bíblia salva motorista de dois tiros no peito nos EUA

livro-AP

Bíblia evitou que dois tiros atingissem Rickey Wagoner: ’Senti como se tivesse sido atingido com uma marreta no peito’, disse

Uma Bíblia em linguagem moderna que um motorista de ônibus americano levava no bolso salvou sua vida ao evitar que dois tiros o atingissem no peito, informou a polícia.

“Houve, obviamente, algum tipo de intervenção envolvida neste incidente, porque ele provavelmente não deveria estar aqui”, declarou o sargento Michael Pauley, da polícia de Dayton, Ohio.

Rickey Wagoner, de 49 anos, parou seu ônibus para resolver um problema no início da manhã de segunda-feira (24) quando foi abordado por três adolescentes negros, no que parece ter sido um ataque de iniciação em uma gangue, informou a rede de televisão WCPO.

“Ele ouviu um dos suspeitos dizer que era o momento de matar um urso polar para entrar em um clube”, declarou Pauley. ”Ele lutou por sua vida”, acrescentou.

Wagoner foi baleado duas vezes no peito, mas conseguiu permanecer em pé e tentou tirar a arma das mãos do jovem. ”Eu tinha um livro em meu bolso”, declarou Wagoner a um policial em um telefonema divulgado à mídia local. ”No início eu pensei que tinha sido baleado. Senti como se tivesse sido atingido com uma marreta no peito”.

Um dos adolescentes cortou seu braço com uma faca enquanto ele tentava pegar a arma, que disparou durante o confronto e o atingiu na perna. Mas Wagoner conseguiu lançar para longe as duas armas.

“Eu atingi um deles na perna com minha caneta”, declarou Wagoner em uma ligação ao serviço de emergência 911. “Ele gritou e foi quando todos eles correram”, explicou.

Wagoner pegou a arma que havia caído e disparou na direção dos adolescentes em fuga, mas, segundo o policial, não achou que o atingiu.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *