Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 28/01/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Autoridades olímpicas são desafiadas a nadarem na Baía de Guanabara

dtq-guanabara

Estudos realizados em 2015 classificaram as águas da Baía de Guanabara de “esgoto a céu aberto”

A poluição na água da Baía de Guanabara, que receberá provas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto, tornou-se o assunto mais comentado do Twitter nos Estados Unidos nesta quarta-feira (27). O tema viralizou após Mike Greenberg, apresentador do programa Mike & Mike, da ESPN norte-americana, desafiar os responsáveis pela organização da Olimpíada a irem ao local e nadarem com suas famílias.

Mike fez a “proposta” como reação ao que revelou Peter Sowrey nesta quarta-feira. O ex-chefe executivo da Federação Internacional de Vela (ISAF) – no cargo entre julho e dezembro de 2015 – disse em entrevista à Associated Press que foi demitido do cargo por sugerir e insistir que, devido a poluição na Guanabara, as disputas de vela nos Jogos fossem transferidas para Búzios.

“Vou enviar uma equipe de filmagem, vou filmar isso. E vou pagar todas as despesas do meu bolso se vocês levarem suas famílias para nadarem nesta água em que estão forçando os atletas a escolherem entre saúde e sonho olímpico. Vou pagar cada centavo a qualquer membro do Comitê Olímpico Internacional que viajar ao Rio e nadar nessa água, gastar uma hora lá com sua família”, desafiou o apresentador.

A própria AP fez estudos no ano passado sobre a Baía de Guanabara para detectar o nível de poluição de suas águas e chegou a chamá-la de “esgoto a céu aberto”. Mesmo assim, os organizadores da Rio 2016, a prefeitura e o governo estadual mantiveram o local para receber cerca de 1.600 atletas.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: ESPN

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *