Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 12/07/2013 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Até criança de 6 anos é ‘presa’ em protesto no Rio, diz OAB

Manifestação_AgBrasila-Tânia-REgo

Ato, que começou pacífico, foi encerrado após confusão

Um policial ficou ferido na cabeça depois que cerca de 300 pessoas voltaram a entrar em confronto com a Polícia Militar durante um protesto no Centro do Rio, no início da noite desta quinta-feira (11). Mais de 30 pessoas foram detidas e levadas para a 5ª DP (Mem de Sá). De acordo com a Polícia Civil, Rodrigo Faria Barreto, 20 anos, Armando Herz de Faria, 19 e Francisco Iranildo Nunes Alves, 24, e um menor foram autuadas por formação de quadrilha. Os detidos são moradores de rua a estudantes. Oito menores foram apreendidos (segundo a OAB, até uma criança de 6 anos). As detenções ocorreram depois que um grupo conhecido como Black Bloc provocou os PMs que acompanhavam a passeata organizada pelas centrais sindicais na Avenida Rio Branco, na altura do Teatro Municipal, e que reuniu 2.500 pessoas, segundo a PM.

A polícia jogou bombas de efeito moral no grupo, que revidou com morteiros, fogos de artifício e coquetéis molotov. Uma agência do Itaú teve sua fachada de vidro destruída pelos manifestantes. Dois carros teriam sido queimados pelos manifestantes na Avenida Chile, também de acordo com a PM. Houve muita correria e os organizadores encerraram o ato, que seguiu da Candelária à Cinelândia.

O ato desta quinta-feira tinha como objetivo comemorar o Dia Nacional de Lutas. Centrais sindicais em todo o Brasil convocaram uma greve geral que prejudicou o funcionamento de bancos no Centro do Rio, do Porto de Itaguaí, na Região Metropolitana, e do centro de operações dos Correios, em Benfica, na Zona Norte da cidade. Além disso, estradas também foram bloqueadas por manifestantes.

Na maior parte da capital o comércio funcionou normalmente, assim como escolas públicas, serviços de saúde e meios de transporte. Além de Rio e Itaguaí, trabalhadores protestaram em Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias, Campos dos Goytacazes, Macaé, Rio das Ostras, Arraial do Cabo, Volta Redonda, Barra Mansa, Três Rios e Petrópolis.

Fonte: O Globo

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *