Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 23/10/2014 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Ataques da coalizão na Síria matam mais de 500 em um mês

Síria-ABr-AgLusa

Foram 553 mortes, essencialmente de membros do Estado Islâmico. Cerca de 32 civis morreram, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos

Os bombardeios da coalizão liderada pelos Estados Unidos na Síria deixaram 553 mortos em um mês, essencialmente membros do grupo Estado Islâmico (EI), informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

De acordo com o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, os bombardeios iniciados em 23 de setembro mataram 464 combatentes do EI, 57 da Frente Al-Nosra (braço sírio da Al-Qaeda) e 32 civis, incluindo seis crianças e cinco mulheres.

A grande maioria dos combatentes do EI e da Frente Al-Nosra mortos nos bombardeios não são sírios, segundo Abdel Rahman.

A coalizão dos Estados Unidos com países árabes realizou em 23 de setembro os primeiros ataques aéreos contra o EI na Síriapara tentar impedir o avanço dos jihadistas em Kobane, cidade curda na fronteira com aTurquia e defendida pelas milícias curdas.

O EI, um grupo extremista sunita, também é alvo de ataques no Iraque.

Na segunda-feira (20), os aviões americanos lançaram armas e munições destinadas às forças curdas em Kobane.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *