Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 12/08/2015 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Ataque aéreo deixa 31 mortos na região de Damasco

ataque-aereo-Yaseen-Al-Bushy-reuters

Ataque aconteceu em Guta Oriental, que tem parte controlada por rebeldes. ONG diz que ofensiva acontece após rebeldes lançarem foguetes

Um ataque aéreo do exército sírio deixou pelo menos 31 mortos na manhã desta quarta-feira (12) em Ghouta Oriental, uma região controlada em grande parte pelos rebeldes ao leste de Damasco, de acordo com a Reuters.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) afirmou que 120 pessoas ficaram feridas, algumas delas em estado grave.

Os ataques afetaram as cidades de Duma, Saqba, Kafar Batna e Hamuriyeh e aconteceram depois que os rebeldes lançaram foguetes contra a capital, ação que matou quatro pessoas, segundo o ministério sírio do Interior.

De acordo com o ministério, citado pela televisão estatal, “quatro pessoas morreram e 58 ficaram feridas, além dos danos materiais” provocados em bairros residenciais de Damasco.

O OSDH informou que os rebeldes lançaram pelo menos 50 foguetes e que cinco pessoas morreram – quatro civis e um soldado. Também citou 59 feridos.

Os rebeldes bombardeiam com frequência a capital síria a partir de suas bases nas proximidades de Damasco, uma ação indiscriminada que grupos de defesa dos direitos humanos consideram crimes de guerra.

O governo ataca com sua aviação as áreas controladas pelos rebeldes, especialmente em Ghouta oriental, região cercada pelo regime.

A Anistia Internacional acusou o governo de crimes de guerra contra os habitantes desta região.

Mais de 240.000 pessoas morreram no conflito sírio, que começou em março de 2011, e milhões foram obrigados a abandonar suas residências.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: G1

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *