Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 20/10/2016 em Brasil e Mundo, Notícias | Nenhum comentário

Adolescente do EI que esfaqueou policial na Alemanha é julgada

Ela pode ser condenada a 10 anos de prisão por “tentativa de assassinato, golpes e ferimentos voluntários e apoio a uma organização terrorista estrangeira”

Ela pode ser condenada a 10 anos de prisão por “tentativa de assassinato, golpes e ferimentos voluntários e apoio a uma organização terrorista estrangeira”

Uma adolescente germano-marroquina comparecia nesta quinta-feira (20) ante um tribunal da Alemanha por ter esfaqueado um policial em fevereiro, uma ação que executou por ordem do grupo Estado Islâmico (EI), segundo a acusação, mas que nunca foi reivindicada. A audiência transcorre no tribunal de Celle, no norte do país, e os magistrados decidiram realizá-la a portas fechadas para “proteger a acusada”, Safia S., de 16 anos, da exposição midiática e da “estigmatização”. A informação é do Correio Braziliense’.

Com um véu bege, óculos e um casaco de lã, respondeu com voz segura ao presidente do tribunal, Frank Rosenow. Ela pode ser condenada a 10 anos de prisão por “tentativa de assassinato, golpes e ferimentos voluntários e apoio a uma organização terrorista estrangeira”. A adolescente havia esfaqueado no pescoço um policial na estação de trens de Hannover em 26 de fevereiro.

A acusada passou à ação durante uma inspeção de identidade. Os policiais detectaram que ela estava seguindo-os. Segundo a acusação, provocou a inspeção para poder cometer o crime. Antes deste ataque, Safia S. já era conhecida pelos serviços policiais depois que sua mãe foi buscá-la em Istambul em janeiro de 2016, quando tentou se unir aos extremistas do EI na Síria. Outro acusado germano-sírio de 20 anos, Mohamed Hasan Jarsa, que segundo a acusação estava ciente das intenções de Safia, que tinha 15 anos no momento do crime, também será julgado.

Deixe o seu comentário no Comerj.

Fonte: Correio Braziliense

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *