Menu Páginas
TwitterFacebook

COMERJ - Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro

Menu Categorias

Publicado por no dia 23/09/2014 em Brasil e Mundo, Destaques, Notícias | Nenhum comentário

A farsa da matemática gay; leia

Muita gente que viu a nova propaganda sobre a violência contra homossexuais ficou com essa dúvida. A propaganda denuncia que a cada 24 horas um homossexual é assassinado no Brasil, passando a ideia de que há uma explosão de violência contra gays e que o Brasil seria um país homofóbico. Pois veja, a matemática básica mostra que, pelo contrário, os gays no Brasil são um grupo muito preservado da violência generalizada a que todos nós estamos expostos.

No Brasil, atualmente, são violentamente assassinadas, em média, 150 pessoas a cada 24 horas,  e um homossexual. Foi levantado que entre 10% e 16% da população é homossexual. Ou seja, para estar no nível “normal” de vítimas da violência, os homossexuais assassinados teriam que ser, pelo menos, 15 por dia! Vale lembrar que esses dados de mortes de homossexuais são de todo tipo de crime e não apenas dos casos supostamente motivados por homofobia. Ou seja, até nos crimes comuns os homossexuais são menos vítimas do que o resto da sociedade.

Alguém explique: que país homofóbico e violento é esse, onde os homossexuais morrem muito menos que qualquer brasileiro? É muito bom que os homossexuais sofram menos violência. O que enche o saco é ver um movimento político reclamando de barriga cheia e exigindo privilégios que a sociedade em geral não tem. E o pior: se prestam a fazer campanhas e propagandas sem nem mesmo verificar se os próprios dados não vão desmenti-los, como aconteceu nesse caso.

Deixe seu comentário no Comerj.

Fonte: Verdade Gospel

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *